13 de ago de 2010

Jacob do Bandolim, Beto Guedes, Pixies, A-HA, Guarani, Francisco Milani, Morrissey, Elvis Costello, Arcade Fire, Scissor Sisters, Yeasayer

Quem também lançou novo (e estranhíssimo) vídeo hoje foi o Yeasayer, que toca aqui no Brasil no festival Planeta Terra, em novembro. O nome da faixa é "Madder red", e pode ser vista no site do Guardian. O videoclipe tem participação de Kristen Bell.

*****

E que tal o novo videoclipe do Scissor Sisters, "Any which way", hein? Eu achei bem... divertido.



*****

O Arcade Fire esteve ontem no "The daily show with Jon Stewart", e apresentou duas faixas de "The suburbs", "Ready to start" e "Month of may". A primeira você vê logo abaixo.

*****

No dia 25 de outubro, Elvis Costello lançará o seu novo álbum, "National ransom". Gravado entre Nashville e Los Angeles, o sucessor do excelente "Secret, profane & sugarcane" também foi produzido por T-Bone Burnett. A relação de faixas de "National ransom" é a seguinte: "National ransom", "Jimmie standing in the rain", "Stations of the cross", "A slow drag with Josephine", "Five small words", "Church underground", "You hung the moon", "Bullets for the new-born king", "I lost you", "Dr Watson, I presume", "One bell ringing", "The spell that you cast", "That's not the part of him you're leaving", "My lovely Jezebel" e "All these strangers".

*****

Quer votar na pior tatuagem de todos os tempos?? Aqui.

*****

OS PREFERIDOS DO MOZ: O site The Quietus aproveitou a sexta-feira 13 e pediu para Morrissey listar os seus 13 discos prediletos. E adivinha qual é o primeiro da lista? Bom, se você conhece um pouquinho do Moz, vai acertar. É o álbum de estreia do New York Dolls, lançado em 1973. Ramones, Stooges e Velvet Underground também foram lembrados. Ah, e não tem nenhum álbum dos Smiths na lista...
1) New York Dolls - "New York Dolls"
2) Ramones - "Ramones"
3) Patti Smith - "Horses"
4) Nico - "Chelsea girl"
5) Iggy & The Stooges - "Raw power"
6) Sparks - "Kimono my house"
7) Velvet Underground - "White light / White heat"
8) Velvet Underground - "The Velvet Underground & Nico"
9) Roxy Music - "For your pleasure"
10) Damien Dempsey - "Seize the day"
11) Smoking Popes - "Born to quit"
12) Jeff Buckley - "Grace"
13) Jobriath - "Jobriath"

Essa aqui então vai em homenagem ao Morrissey:



*****

Essa aqui eu recebi via twitter, pelo leitor Way Rodriguez. O A-HA lançou o videoclipe do último single de sua carreira, "Butterfly, butterfly (The last hurrah)". Acho que a música ficou um pouco a dever, mas o vídeo é bonitinho.



*****

Para finalizar as efemérides dessa sexta-feira, relembro aqui o ator Francisco Milani, que morreu no dia 13 de agosto de 2005. O Milani é um ator que eu vejo desde bem pequeno mesmo, por conta de suas participações no "Viva o gordo", do Jô Soares. Aliás, o seu forte era mesmo a comédia. E isso fica claro em papéis como o Seu Saraiva ("Zorra total"), o impagável Tio Juvenal ("A grande família"), o Pedro Pedreira ("Escolinha do professor Raimundo") e o chefe da Zelda, o meu personagem predileto do meu programa predileto ever, "Armação ilimitada". Milani também participou de novelas como "Elas por elas", "Barriga de aluguel" e "Vamp".



*****

Ah, agora eu vou falar um pouco de futebol. Não reclama, vai. Desde a Copa do Mundo que não toco em assunto de futebol por aqui. Então, hoje eu quero relembrar uma data importante para os torcedores do Guarani. No dia 13 de agosto de 1978, o time bugrino se tornou campeão brasileiro em cima do Palmeiras. A equipe do Guarani naquela final foi a seguinte: Neneca; Mauro, Gomes, Édson e Miranda; Zé Carlos, Manguinha e Renato; Capitão, Careca e Bozó (Adriano). O técnico era Carlos Alberto Silva. Um dia, eu tive a sorte de sentar ao lado do Careca em um voo. Bati um papo com ele, e perguntei qual seria o seu título mais importante. Ele veio com aquele papo de que todos eram e tal. Mas eu senti um carinho maior quando ele falou desse Brasileirão de 78. Posso estar enganado, mas foi o que senti.



*****

Ah, e já que o Pixies vem ao Brasil em outubro, hoje eu vou falar um pouco dessa banda. Não vou ao show porque prefiro boicotar festival que tenha pista premium (show simples ainda vai, mas festival não rola), mas quero lembrar aqui que hoje faz 20 anos que o Pixies lançou o álbum "Bossanova". Esse foi o quarto trabalho da carreira da banda norte-americana, e não existe alguém que se julgue indie e não conheça "Dig for fire" ou "Velouria".



*****

Ah, e hoje tem um cara muito bacana fazendo 59 anos. Sabem quem é? O grande Beto Guedes! Eu me lembro de uma das últimas entrevistas do Renato Russo, em que ele disse (mais ou menos assim): "Ah, eu queria muito gravar um disco com músicas do Beto Guedes. Gosto das músicas dele, mas aquela voz...". Pena que não deu tempo. Seria curioso ouvir Renato Russo cantando coisas como "Amor de índio", "Sol de primavera", "Canção do novo mundo", "O sal da terra"... Bom, como não tem esse disco do Renato, coloquei aqui para ouvir a obra-prima do Beto: o seu álbum de estreia solo, "A página do relâmpago elétrico", lançado em 1977.



*****

Então vamos homenagear os nossos ilustres de hoje. E eu quero começar pelo grande Jacob do Bandolim, que morreu no dia 13 de agosto de 1969. Jacob foi um dos grandes músicos brasileiros de todos os tempos, verdadeiro mostro do instrumento que compõe o seu nome. Ele formou o conjunto Época de Ouro (que, volta e meia, ainda aparece por aí), e compôs clássicos como "Doce de coco", "Noites cariocas" e "Velhos tempos". Abaixo, um vídeo que é tido como o único existente de Jacob do Bandolim. Não há áudio, apenas imagens em movimento. Mas sente só a elegência desse cara...



*****

Bom dia, pessoal! Como estão as coisas, hein? Nossa, o tempo abriu pra essa sexta, hein... Coisa boa. Nem parece sexta-feira 13. Hehe... Até me animei para sair de casa e pegar um cinema logo mais. Qual filme eu assisto? "O bem amado" ou "A origem"? Aceito sugestões pelo twitter...