9 de jun de 2010

Les Paul, Mitch Mitchell, Johnny Depp, Rita Lee, Stones, Bellamy, Klose, Duffy, Yorke, We Are Scientists, Woodstock, U2, Miles, Phosphorescent, PJ

Quer ouvir uma música inédita do Pearl Jam? Dizem que "Better days" é uma sobra de "Riot act". É bacaninha, mas bem abaixo da média da banda. De qualquer forma, para ouvir, basta clicar aqui.

*****

Não sei se vocês conhecem o Phosphorescent. Essa banda de Nova York é uma das coisas que mais tenho escutado ultimamente. Eles lançaram lá fora, faz poucas semanas, o seu quinto álbum, "Here's to taking it easy". E "The mermaid parade" foi a faixa que mais gostei: letra legal, guitarra linda, piano idem e... sensibilidade. Muita sensibilidade. Recomendo.



*****

Os fanáticos pela obra-prima "Bitches brew", de Miles Davis, podem separar a grana para a "Legacy edition" que sairá em agosto. Será um disco triplo, com dois CDs (com o álbum original + material bônus) e um DVD com um show registrado à época do lançamento, ou seja, 1970. Uma outra versão, com tudo isso e mais um livro e o álbum duplo em vinil será lançada simultaneamente. Imagina quanto não custará isso aqui no Brasil? Em 2004, saiu um box com quatro CDs com as sessões de gravação do álbum ("The complete 'Bitches brew' sessions"). Esperemos que o tal materia bônus dessa "Legacy edition" seja diferente.

*****

Mais um videozinho liberado pelo U2, e que faz parte do novo DVD/BD da banda, "U2360º at the Rose Bowl". Dessa vez foi "Ultraviolet". O DVD e o BD já saíram na Europa e nos Estados Unidos. Aqui no Brasil, estava agendado para ontem. Lógico que atrasou, né? Afinal de contas, a indústria do disco brasileira está rica, e não precisa de dinheiro. Ah, devo fazer uma promoção valendo o DVD duplo do U2 aqui no site, logo que ele chegar às minhas mãos. Vocês querem?



*****

A Rolling Stone brasileira confirmou hoje que o esperado Woodstock tupiniquim acontecerá entre os dias 09 e 11 de outubro dese ano, na fazenda Maeda, em Itu (100 quilômetros de São Paulo, mais ou menos). Por enquanto nenhuma banda está confirmada, mas alguns nomes já pipocam, como Smashing Pumpkins, Pixies, Incubus, Rage Against The Machine, Arcade Fire... Mas, por enquanto, só especulação mesmo. Aguardemos.

*****

A banda não é inglesa, e, pior, o país em que foi formada vai enfrentar exatamente a Inglaterra nessa Copa do Mundo. Mas o We Are Scientists, banda oriunda da Califórnia, gravou um hino especialmente para a seleção inglesa nessa Copa. Olha aí:



*****

"É uma questão de tempo. Mais de meses que de anos até que o negócio da música entre em colapso total." (Thom Yorke para o Rax Active Citizen Toolkit) Vale lembrar que Thom Yorke é um cara que realmente sabe dessas coisas - vide "In rainbows". Mas... Questão de meses? Será??

*****

DE VOLTA: Duffy parece que sabe das coisas. Ela explodiu com o bom álbum "Rockferry", em 2008, e depois sumiu do mapa. Agora que todos estão com saudades, sai o anúncio de que está retornando aos estúdios, em Nova York, para gravar um novo álbum. As canções estão sendo compostas pela própria Duffy, com a colaboração do baterista Ahmir "Questlove" Thompson e de Albert Hammond (o pai do guitarrista dos Strokes). Duffy promete o novo trabalho ainda para 2010.

*****

E fechando o dia 09 de junho de 1978, vamos terminar com... futebol, claro. E quem completa 32 anos hoje é o craque polonês (naturalizado alemão) Miroslav Klose. Ele jogou no Werder Bremen, e agora está no Bayern de Munique, mas acabou fazendo mais história mesmo pela seleção alemã. Klose foi vice-campeão do mundo em 2002, marcando cinco gols. Já em 2006, a Alemanha jogou em casa e foi a terceira colocada, e Klose fechou a competição também com cinco gols. Só que, dessa vez, ele foi o artilheiro da Copa. Agora em 2010, Klose estará de volta. E se ele marcar seis gols, ultrapassará o Ronaldo "Fenômeno", tornando-se o maior goleador da história das Copas.



*****

E no mesmo dia em que "Some girls" chegou às lojas, nascia Matt Bellamy, vocalista e guitarrista do Muse, uma das bandas mais adoradas (e superestimadas, na minha opinião) da atualidade. O último álbum da banda, "The resistance" (2009), está legal, apesar de soar um pouco como cópia pálida do Queen dos anos 70. Mas o que já tive chance de ver dessa nova turnê, aí passou um pouco do limite. Muito efeito especial, bailarino meio que descendo de disco voador... Ou, para ser mais direto: cafona pra cacete. Acho que pensaram em algo tão grandioso, mas tão grandioso, que... acabou ficando over. A gente costuma dizer que "o céu é o limite". Mas cheguei à conclusão de que, em termos de grandes shows, "o U2 é o limite, e olhe lá". Isso porque a banda irlandesa também quando quer ser cafona, sai de baixo. Mas, voltando ao assunto principal: parabéns, Matt Bellamy. (Ah, poupei vocês e coloquei um vídeo da turnê antiga do Muse.)



*****

Olha, agora vamos fazer de conta que estamos no ano de 1978. Mais especificamente no dia 09 de junho de 1978, ok? Olha, muita coisa legal, aconteceu nesse dia. Para começar, o lançamento do álbum "Some girls", dos Rolling Stones. Gravado em Paris, ele chegou à primeira posição da parada da Billboard. Algo não muito surpreendente para um álbum que tinha as seguintes faixas: "Miss you"; "When the whip comes down", "Just my imagination", "Some girls", "Lies", "Far away eyes", "Respectable", "Before they make me run", "Beast of Burden" e "Shattered".

*****

(Esse negócio da reforma ortográfica me fez lembrar uma situação curiosa. Quando a Rita Lee lançou o seu Multishow - Ao vivo, no ano passado, tentei fazer uma entrevista com ela. Todos sabemos que Tia Rita só atende essa raça chata e asquerosa de jornalista por e-mail. O assessor, simpático, disse que eu poderia mandar as perguntas, que ela responderia com o maior prazer. Acontece que tinha uma música que ela já apresentava em seus shows, chamada "Nóia". Só que com a tal reforma, o nome virou "Noia", perdeu o acento. Tia Rita acabou mudando o nome da música para "Se manca". A minha primeira pergunta era exatamente se ela tinha mudado o nome por causa da reforma ortográfica. Ela nunca respondeu.)

*****

E agora partiu cinema? Bom, então vamos lembrar aqui o nascimento de Johnny Depp, que aconteceu no dia 09 de junho de 1963 - tá ficando veio (acho que pela reforma ortográfica, ficou sem acento), hein? A lembrança mais forte que tenho desse ator é no seriado "Anjos da lei", que passava quando tinha os meus dez (dez?) anos de idade. Depois, ele fez uns filmes bem bacanas, como "Ed Wood", "Don Juan de Marco", "Chocolate", "Piratas do caribe", e o recente "Alice no país das maravilhas" (eese último ainda não vi, mas dizem que é legal). Quanto ao videozinho abaixo, desculpem-me, mas "Anjos da lei" só tem graça dublado... Hehehe...



*****

Olha, eu vou te dizer uma coisa: hoje é dia do tenista e bem que poderia ser o dia do guitarrista. E vou além: poderia ser o dia do baterista também! Sabe o motivo? Bom, conhece Jimi Hendrix, né? Então você conhece a sua primeira banda, a Experience, certo? Então... Hoje é aniversário do Mitch Mitchell, o batera animal desse que foi um dos maiores power-trios da história. Mitchell nasceu a 09 de junho de 1947 e, infelizmente, saiu de cena um pouco cedo, no dia 12 de novembro de 2008. Fal falta, né? Então vamos relembrá-lo?



*****

Bom, falei tanto de Copa, mas devo lembrar que hoje é o dia do tênis! E do tenista também. Parabéns a todos eles, em especial ao meu predileto de todos os tempos (Ivan Lendl) e o da atualidade (poderia ser outro que não o Rafael Nadal?). Mas, bom, tênis me lembrou guitarra. E guitarra me lembrou Les Paul. E foi exatamente no dia 09 de junho de 1915, que nasceu o grande guitarrista criador da Gibson Les Paul. Les Paul morreu no dia 12 de agosto do ano passado. Mas pergunta se os guitarristas se esqueceram dele...

*****

Bom dia, pessoal! Como estamos? Copa do Mundo chegando, hein? Sexta-feira agora começa. México x África do Sul será um jogo meio-sei-lá. Mas como é abertura, está valendo. Quero ver mesmo os da Espanha e da Argentina, as minhas duas seleções prediletas nessa Copa. Fernando Torres voltou ontem, e confio que esse possa ser o nome dessa Copa. Vamos ver... Certo mesmo só a minha corrente: "pra trás, seleção do Dunga".