22 de jun de 2010

Hermeto, Eumir, Cyndi Lauper, Meryl Streep, Karate Kid, Maradona, Cocada, João, Skank, Gaga, Messi & Oasis, Hot Chip, Josh, Bon Jovi, MGMT, Maroon 5

A quem interessar possa, segue abaixo a nova música do Maroon 5, "Misery", que fará parte do CD "Hands all over", com previsão de lançamento para o dia 21 de setembro.



*****

Adorei essa versão do MGMT para "Anything could happen", do The Clean.



*****

OLHA O PADEIRO: O Bon Jovi ainda está na metade da sua temporada de 13 shows na Arena O2, em Londres, e já apresentou 54 músicas diferentes. A meta é chegar a 70 canções diferentes. Para tanto, a banda de Nova Jersey está se inspirando nos padeiros. Isso mesmo, nos padeiros... "Você compraria um pão de ontem na padaria? Os set-lists nossos são sempre fresquinhos, entregues sempre às 19h30", disse Jon Bon Jovi ao Gigwise.

*****

Nunca vi o Josh Homme tão engraçadinho...



*****

E a briga Planeta Terra x SWU já começou. Para o bem da nação, enquanto o SWU já confirmou Pixies e Dave Matthews Band, o Planeta Terra já agendou apresentações do Phoenix e do Hot Chip. O SWU acontece em Itu (São Paulo) entre os dias 09 e 11 de outubro. Já o Planeta Terra acontece no dia 20 de novembro, em São Paulo (capital). Resta saber quem vai levar o Arcade Fire, a galinha dos ovos de ouro.

*****

A MELHOR DO DIA: Sabe quem é o mais novo fã do Oasis? Lionel Messi! Deixa eu explicar como aconteceu... Tevez (que joga no Manchester City, time da cidade da ex-banda dos irmãos Gallagher) apresentou os dois primeiros álbuns do Oasis ao seu colega Messi, no avião, durante a viagem para a África do Sul. Desde então, Messi diz estar "obcecado" pela banda. Segundo o tabloide The Sun, Tevez está fazendo com que Messi ouça Oasis todo santo dia. "Eu não estava esperando muito da banda, mas foi uma das melhores coisas que já escutei. Eles são absolutamente fantásticos. 'Supersonic' e 'Live forever' são as minhas favoritas. Escuto Oasis no meu iPod, no hotel, a caminho das partidas e no vestiário. Eu não acredito que demorei tanto tempo para ouvi-los", disse Messi, que ainda ficou decepcionado quando soube que a banda se separou. "Estava vendo algumas apresentações do Oasis no YouTube e imaginei que seria fantástico ver um show ao vivo, em Londres ou em Manchester, mas Tevez me disse que a banda se separou."

*****

SACANAGEM: Em entrevista à Rolling Stone, que chegou às bancas dos Estados Unidos hoje (capa acima), Lady Gaga disse que vai divulgar o nome de seu novo álbum à meia-noite do dia 31 de dezembro. Quer dizer que o jornalista cultural vai ter que ficar de plantão, é? Para promovê-lo, a cantora pretende tatuar o nome do álbum em seu corpo. Na mesma entrevista, ela também disse que seu novo trabalho será mais raivoso. "A mensagem das novas músicas é mais amarga do que antes". "Eu sou rápida. Alguns artistas levam anos para gravar um álbum. Eu não. Faço música todos os dias", completou.

*****

Ontem mesmo estava aqui falando sobre o show de gravação do CD/DVD/BD do Skank, e, agora, volto a falar da banda mineira. Lá fora, é comum o lançamento de edições comemorativas de álbuns importantes, com faixas bônus. Já aqui no Brasil, se a gente não consegue encontrar nem a edição original, imagina a comemorativa... Mas o Skank e a Sony Music prepararam algo muito bacana para comemorar os 15 anos do lançamento de "Calango". O CD será relançado no início de julho, em uma edição especial com o álbum original remasterizado, além de oito faixas inéditas, sendo dois remixes ("Te ver" e "A cerca), duas faixas em espanhol ("És prohibido fumar" e "Desesperacion"), além de quatro faixas demo ("Te ver", "Jackie Tequila", "O beijo e a reza" e "Estivador"). Uma excelente ideia - só faltou incluir alguma coisa gravada ao vivo da época do lançamento do álbum - que bem que poderia se tornar regra no mercado fonográfico brasileiro.

*****

GRANDE JOÃO: João Gilberto cancelou o show que faria no Carnegie Hall, em Nova York, no próximo dia 22, por problemas com "normas internacionais de viagem". O que seriam "normas internacionais de viagem"??

*****

Saindo da Copa, mas permanecendo no futebol, hoje faz 22 anos daquele famoso gol do Cocada na final do Campeonato Carioca de 1988, no qual o Vasco da Gama venceu o Flamengo por um a zero. Cocada entrou em campo aos 41 do segundo tempo, marcou o gol aos 44, e foi expulso aos 45, após tirar a camisa para comemorar o gol. Talvez mais antológico do que o gol só mesmo a pancadaria que envolveu Romário e Renato Gaúcho logo após o gol. Eu estava no Maracanã, e posso dizer que o Campeonato Carioca era muito mais divertido naquela época.



*****

E agora está na hora de que, hein? Sessão Copa do Mundo... Taram! Estou gostando de relembrar esses momentos importantes das Copas. Passei os últimos dois meses lendo livros de Copa e vendo os documentários. Então tenho que mostrar que aprendi alguma coisa... Bom, hoje faz 24 anos de dois gols históricos (históricos mesmo) das Copas. Detalhe 1: os dois aconteceram na mesma partida. Detalhe 2: os dois foram marcados pela mesma pessoa. Se é que a gente pode considerar Maradona uma pessoa... Hehe... No jogo Argentina 2 x 1 Inglaterra, pelas quartas de final da Copa do México, Maradona fez o tal gol da "mão de Deus", e aquele outro que ele enfileirou uns cinco jogadores da Inglaterra, inclusive o goleiro. Esse gol é considerado o mais bonito da história das Copas. Também acho. Mas torço para que o Messi faça um mais lindo ainda.



*****

E já que entramos no cinema, vale lembrar que hoje faz 26 anos que o filme "Karate Kid" estreou. Eu me lembro que vi esse filme no cinema mesmo, e, logo depois, ganhei o LP com a trilha sonora. Não me lembro muito das músicas do filme, mas apenas de uma, a baba "Glory of love", do Peter Cetera. Em compensação, me lembro bem da história do Daniel Sam, que conhece o Senhor Miyagi, em uma briga, e passa a ser seu aluno de karatê. Ém um filme bacana, voltado mais para as crianças. Hoje não tenho interesse em ver essa nova versão do filme. Mas fiquei com vontade de rever a original.



*****

Vamos de cinema agora? Só vou falar de cinema hoje porque uma grande atriz faz aniversário. Meryl Streep nasceu a 22 de junho de 1949, em Nova Jersey. Olha, só para você ter uma ideia, a atriz teve 16 indicações ao Oscar da Academia (ganhou duas), e 25 para o Golden Globe Awards, com 25 indicações (venceu sete). Meus filmes prediletos com Meryl Streep? "Kramer vs. Kramer", "Entre dois amores", "As pontes de Madison", "Adptação", "As horas", "Julie & Julia"... Nossa, muita coisa. Só sei que se tiver passando filme no cinema, e o nome de Meryl Streep estiver no cartaz, eu tô dentro.



*****

Agora, mundando 180º de direção, vamos de Cyndi Lauper. A dona de uma das vozes mais... hum... originais da música faz 57 anos hoje... É... Cinquenta e sete. Tá ficando veinha também. Vou confessar que, quando era pequeno, amava Cyndi Lauper. Na primeira viagem que fiz ao exterior, trouxe fitas K7 do "She's so unusual" (1983) e do "True colours" (1986). E, na boa, no início dos anos 80, era impossível não gostar de coisas como "Girls just want to have fun" e "Time after time". Aliás, até hoje é impossível. Pena que Cyndi Lauper tenha tentado coisas que não têm nada que ver com a sua essência pop. Disco de blues? Give me a time, né?



*****

E já que estamos falando de música instrumental brasileira da melhor qualidade, vamos homenagear também Eumir Deodato, que hoje faz 67 anos. E já que citei os meus álbuns prediletos de Hermeto Pascoal, farei o mesmo com Deodato. Acho que se você quiser conhecer a sua obra de verdade, é melhor começar pelo grupo Os Catdráticos, do qual Eumir fez parte ao lado de gente como Wilson das Neves (bateria), Sergio Barroso (baixo), Geraldo Vespar (um dos maiores, senão o maior, violonistas que o Brasil já teve), Edson Maciel (trombone), entre outros. Os grandes álbuns da banda são "Impulso!" (1964), "Tremendão" (1964) e "Ataque" (1965). Não sei se é fácil encontrar esses CDs. Comprei edições importadas faz uns 10 anos na Tracks lá no Baixo Gávea. E não dou e nem vendo.



*****

Então vamos falar de coisas mais agradáveis agora. E esse dia 22 de junho está cheio de coisa muitcho lesgal. Para começar, vamos homenagear o nosso dinossauro e mestre Hermeto Pascoal, que nasceu em Lagoa da Canoa (Alagoas), no dia 22 de junho de 1936. Não tem muito tempo, me perguntaram, via twitter, qual era o grande álbum do Hermeto. Não tive dúvidas em responder que era o único álbum que ele gravou com o Quarteto Novo, em 1966. E sabe quem acompanhava Hermeto (piano e flauta) nesse quarteto? Heraldo do Monte (viola e guitarra), Théo de Barros (baixo e violão) e Airto Moreira (bateria e percussão). Bom? Então, procure o disco, não é difícil de achar em CD. É uma das coisas mais geniais da nossa MPB. Pode ter certeza. Outro que vale a pena é um álbum que ele gravou ao lado de Elis Regina, no festival de Montreux, em 1982 (acho). Após a apresentação solo de cada um, os dois se encontraram no palco, e o Bruxo resolveu "desafiar" Elis, viajando na música, para ver se a cantora o acompanhava. Lógico que acompanhou. E, apesar de muito choro e nervosismo, ficou registrado um dos momentos mágicos da música brasileira. Também é fácil achar em CD. Só falta o DVD!



*****

Algum problema? Tá acontecendo algum problema? Hahaha... E o nosso técnico, hein? Seu Dunga está dando o que falar. Quem não tem Maradona ataca de Dunga mesmo... Mas, falando sério, seu Dunga não é nenhuma anormalidade não. Ele retrata exatamente o nosso povo. Não à toa, é só ver no twitter ou em qualquer mesa-redonda, a quantidade de gente que tem dado apoio a ele. É como disse o Fernando Calazans: quem acha isso bonito é porque deve achar normal, deve fazer isso em casa. De minha parte, sem querer dar uma de bom (até mesmo porque estou longe de ser isso), morro de vergonha desse técnico. E repito: se o Brasil ganhar essa Copa será uma catástrofe. Será a vitória da ignorância, da brutalidade, da burrice e, agora, da grosseria. Dá-lhe Argentina!