8 de out de 2010

Paulinho Nogueira, Madness, Pirlimpimpim, Matt Damon, Duffy, Elton John & Lady Gaga, Take That, Gorillaz, Michael Jackson, Dave Matthews Band

A Dave Matthews Band anunciou o lançamento de dois álbuns ao vivo para a primeira quinzena de novembro. O primeiro é "Live in New York City" (capa acima), CD duplo que trará o show que a banda fez no estádio Citi Field, no dia 17 de julho desse ano, para mais de 40 mil pessoas. O repertório é esse aqui: "The stone", "Warehouse", "One sweet world", "Funny the way it is", "Seek up", "Seven", "Squirm", "Crash into me", "You might die trying", "Proudest monkey", "Satellite", "Spaceman", "Dancing nancies", "Gravedigger", "Blackjack", "Stay (Wasting time)", "Two step", "Some devil", "Shake me like a monkey", "All along the watchtower". Quem comprar no site oficial da Dave Matthews Band, leva de brinde um CD com quatro músicas apresentadas no show que aconteceu no mesmo estádio, na noite anterior. São elas: "Why I am", "Grey street", "Time bomb" e "So damn lucky".

O outro lançamento é o Live Trax, vol. 19. Para quem não sabe a Live Trax é uma série de CDs ao vivo que a banda só vende em seu site oficial. Eles lançam uma média de três por ano. E a bola da vez agora é "9.30.08 Vivo Rio, Rio de Janeiro, Brazil" (capa acima). Ou seja, é o mesmo show que foi lançado na semana passada aqui no Brasil. Só que agora ganha status de "lançamento mundial", em CD triplo. Para quem reclamou de "Live in Rio" não ter duas canções que foram tocadas no show, pode ficar tranquilo, porque esse Live Trax traz o show completinho. Olha o repertório: "Bartender", "Warehouse", "You might die trying" (inédita), "Stay or leave", "The stone", "Say goodbye", "Corn bread", "Grey street", "Crush", "So much to say", "Anyone seen the bridge?", "Ants marching", "Jimi thing", "Satellite", "#41" (inédita), "So damn lucky", "Don't drink the water", "Burning down the house" e "Two step".

E no site deles você também pode comprar essa camisa bacaníssima aqui:



*****

E o Michael Jackson virou espantalho...



*****

O Gorillaz esteve ontem no programa do David Letterman e deu um show de... 45 minutos! Quer ver?



*****

Hoje foi lançado o novo single do Take That, "The flood". A canção marca o retorno de Robbie Williams à banda. Só digo uma coisa: já estou com saudade da carreira solo dele...



*****

Elton John garantiu que a faixa título do próximo álbum de Lady Gaga, "Born this way", é o "novo hino gay". O cantor, que é amigo de Gaga, disse à MTV que "Born this way" substituirá "I will survive", de Gloria Gaynor. "É a nova 'I will survive', que era o hino gay. Agora teremos um novo hino gay", afirmou. Elton John também disse na entrevista que Lady Gaga é a sua "filha bastarda".

*****

Previsto para sair no dia 29 de novembro, o novo álbum de Duffy terá influência do hip hop. Foi o que ela disse em entrevista à BBC Radio 1. Segundo a cantora galesa, o primeiro single, "Well well well" (que será lançado em 21 de novembro), apresenta uma mistura de ritmos. "Eu gravei com muitas pessoas bem diferentes, em locais diferentes. Gravei com o The Roots, que é o melhor que a América produziu em termos de hip hop, e Albert Hammond [pai do guitarrista dos Strokes, de mesmo nome], que é um compositor fantástico. É uma combinação de mundos diferentes", afirmou. Vamos ver o que que vem, né?

*****

Passando agora para o cinema, hoje é dia de dar os parabéns ao ator - agora quarentão - Matt Damon. O último filme que vi com ele, e recomendo vivamente aqui, foi "Invictus". Damon está muito bem no papel do jogador de rugby François Pienaar. Morgan Freeman interpretando Nelson Mandela também chega perto do sublime. Para mim, um dos grandes filmes desse ano.



*****

Eu também me lembro bem (quando era pequenininho) daqueles especiais infantis que a Rede Globo passava. Nesses musicais, eu tive o meu primeiro contato com gente como Guilherme Arantes, Jorge Ben, Raul Seixas, Toquinho, Chico Buarque, Maria Bethânia, Vinicius de Moraes, Moraes Moreira, entre muitos outros. Outros tempos. Bons tempos. Quando "Pirlimpimpim" foi ao ar, no dia 08 de outubro de 1982, eu tinha três anos de idade. Mas tenho certeza absoluta que minha mãe me colocou na frente da televisão para ver isso aqui...



*****

Taí um dos álbuns que mais marcou a minha infância. "The rise & fall", do Madness, foi aquele tipo de disco que eu digo que ouvi até furar. E eu nem cheguei a ouvir muito os outros trabalhos do Madness. Mas "The rise & fall"... A New Musical Express considera esse álbum, que chegou ao quinto posto da parada britânica (e foi lançado no dia 08 de outubro de 1982), o mais importante da banda. Então, essas foram algumas das músicas que fizeram a minha cabeça nos meus seis, sete anos: "Rise and fall", "Tomorrow's (Just another day)", "Blue skinned beast", "Primrose hill", "Mr. Speaker gets the word", "Sunday morning", "Our house", "Tiptoes", "New Delhi", "That face", "Calling cards", "Are you coming (With me)" e "Madness (Is all in the mind)".



*****

Êta forrozeira boa para uma sexta-feira, né?? Essa é a minha homenagem aos nordestinos pelo dia de hoje. Hoje é Dia do Nordestino, e ninguém melhor que Luiz Gonzaga, pernambucano de Exu, para para marcar a data. E também lembro aqui de Paulinho Nogueira, um dos maiores violonistas do Brasil, que nasceu a 08 de outubro de 1929. Olha só que coisa linda...



*****