27 de mai de 2010

Paganini, Bridgewater, Paul, Sex Pistols, Flu, Amy, Arcade Fire, Smashing Pumpkins, Ozzy, Foals, Faces

"Noel Gallagher, Kelly Jones, do Stereophonics, Chris Robinson, do Black Crowes... Muita gente pediu: "por favor, me deixe cantar com vocês'."(Ron Wood, guitarrista fanfarrão dos Faces, dizendo à BBB, quem teria se convidado para participar do show de reunião da banda, em agosto)

*****

Que tal o single novo dos Foals, "Miami"? Achei muito legal...



*****

Genial essa forma do Ozzy Osbourne divulgar o seu novo álbum, "Scream".



*****

A banda Smashing Pumpkins deu início ao projeto de lançar uma série de EPs virtuais que, no futuro, formarão um box. "Teargarden by kaleidyscope 1: Songs for a sailor" já está disponível para download. Eu curti as músicas. "A song for a son" é uma balada interessante, ao passo que "Widow wake my mind" nos traz de volta o SP roqueiro.



*****

E hoje o Arcade Fire resolveu liberar tudo de uma vez. A linda capa do novo disco (logo aí acima) foi divulgada. O lançamento de "The suburbs" acontecerá no dia 02 de agosto. E duas faixas foram lançadas hoje também. A primeira é "Month of may", um rockinho esperto, meio punk, meio-sei-lá... Bem diferente daquela coisa épica e sensacional do álbum de estreia. O álbum foi co-produzido pela banda e por Markus Dravs.



A outra faixa é "The suburbs" (que também será o título do álbum). Eu gostei mais dessa do que da primeira. "The suburbs" me trouxe uma vibração mais folk, estilo Califórnia-anos-60... Pelo jeito, esse novo álbum do Arcade Fire será bem diversificado. Não sei se isso é bom ou ruim, mas já estou ansioso.



*****

NOTÍCIA VELHA: O pai de Amy Winehouse disse que deve sair disco novo da filhota no Natal. Já ouvimos isso nos dois anteriores...

*****

E, atenção, tricolores de plantão que ontem derrotaram o meu Mengão. Hoje faz 26 anos que o Fluminense conquistou o seu primeiro (e único) campeonato brasileiro. A final foi contra o Vasco da Gama, no dia 27 de maio de 1984. O jogo terminou empatado em 0x0, mas como o Fluminense havia ganhado a primeira partida por 1x0, o título acabou ficando nas Laranjeiras. Até esse flamenguista aqui vai ter que reconhecer que o tricolor carioca tinha um timaço em 1984. Sente só a escalação da final: Paulo Víctor, Aldo, Duílio, Ricardo Gomes e Branco; Jandir, Delei e Assis; Romerito, Washington e Tato. O técnico era o bom e velho Carlos Alberto Parreira.



*****

Consultando meus alfarrábios aqui, me deparei com algo interessante. Uma música histórica que foi lançada no dia 27 de maio de 1977. São 33 anos de história. Tipo, não são 35 e nem 40. Mas acho que esse é o tipo de música que deve ser lembrado todo ano. Sabe qual é? Segura aí!



*****

E hoje faz 35 anos que esse discaço acima foi lançado. "Venus and Mars", o quarto álbum do Wings (banda formada por Paul McCartney após a dissolução dos Beatles), é um daqueles que eu tinha em vinilzão e ouvia direto. Ou seja, foi fundamental para a minha formação. O álbum nem é daqueles que está cheio de sucessos. Pelo contrário, acho que não tem nenhum grande hit. Mas, nossa, que delícia a abertura com a faixa título e "Rock show". Ou então "Listen to what the man said" ou a viajante "Spirits of ancient Egypt", com participação de Denny Laine. Fundamental! Já estou ouvindo novamente. Só troquei o velho vinil pelo iTunes. Infelizmente.

*****

E quem faz 60 anos hoje é uma das grandes damas do jazz. Dee Dee Bridgewater nasceu a 27 de maio de 1950 e gravou dois álbuns que eu considero fudamentais: "Love and peace: A tribute to Horace Silver" (1995) e "Dear Ella" (1997). Por esse último, em homenagem a Ella Fitzgerald, Dee Dee faturou o Grammy de melhor vocal de jazz e melhor arranjo instrumental (na canção "Cotton tail"). Dee Dee Bridgewater já veio ao Brasil em algum Free Jazz da vida, mas não me lembro qual.



*****

Então vamos começar viajando ao ano de 1840. Sabe quem morreu no dia 27 de maio de 1840? Hein? O compositor italiano Niccolò Paganini. O nome pode até parecer estranho, mas algumas de suas composições são daquele tipo que a gente põe para rodar, e reconhece de cara, especialmente os seus "caprices" para violino (como os de número 13, 20 e 24) e os seus concertos para violino números 2 e 3. Ah, e claro, o "Moto perpetuo", que você pode conferir logo abaixo.



*****

Bom dia pessoal. Como está a vida, hein? Vamos logo, que hoje estou cheio de compromisso... Só duas curiosidades: hoje é o dia do profissional liberal e da Mata Atlântica!

Nenhum comentário: