17 de mai de 2010

Dio, João da Baiana, Taj Mahal, Di'Anno, Reznor, Moz, Armação Ilimitada, Tom Petty, Gadú, Sting, Hendrix, Keane, Foals, Harrison, Muse, Hank Jones

HANK JONES - 1917/2010



RIP.

*****

E que tal a música nova do Muse, hein? "Neutron star collision (Love is forever)" fará parte da trilha sonora do filme "Eclipse", aquele dos vampiros.



*****

Se tudo der certo, Martin Scorsese lançará o seu filme sobre George Harrison em 2011. Ele promete muitas imagens e músicas inéditas do ex-Beatle. O cineasta está se dedicando ao projeto faz três anos, com o auxílio direto de Olivia, viúva de George. "Living in the material world: George Harrison" documentará toda a carreira do guitarrista, antes, durante e depois dos Beatles. Se for parecido com "No direction home", documentário dirigido por Scorsese, e dedicado a Bob Dylan, podemos esperar muita, mas muita coisa de "Living in the material world".

*****

A música que não sai da cabeça... Está no álbum novo do Foals, "Total life forever".



*****


Liam Gallagher disse ao Guardian que ele e a sua nova banda estão gravando a trilha sonora do filme que o ex-vocalista do Oasis está produzindo sobre os Beatles. Ok, o filme é dele, o que lhe dá o direito de fazer o que bem entender. Mas se o filme é sobre os Beatles, não seria melhor que fossem usadas as canções originais dos... Beatles? Ah, eu tinha me esquecido que Liam um dia disse que o Oasis era maior dos que os Beatles...

*****

VOU CONFESSAR QUE...: ...adoro ler as exigências dos artistas para os grandes festivais. Aqui tem algumas para o Rock in Rio Lisboa.

*****

E o Keane alcançou o primeiro posto da parada inglesa de álbuns nessa semana. Alguma surpresa? O top 10 é o seguinte: 1) Keane - "Night train", 2) Plan B - "The defamation of strickland banks", 3) Lady Gaga - "The remix", 4) Lady Gaga - "The fame", 5) The National - "High violet", 6) AC/DC - "Iron man 2", 7) Diana Vickers - "Songs from the tainted cherry tree", 8) Foals - "Total life forever", 9) Florence And The Machine - "Lungs" e 10) Black Eyed Peas - "The END". No domingo, publico a resenha de "Night train".

*****

Os fãs de Jimi Hendrix que estiverem em Londres nesse segundo semestre tem um ótimo programa.

*****

Sting anunciou o lançamento (pela sisuda Deutsche Grammophon) de "Symphonicities", um álbum com a recriação de seus sucessos ao lado da Royal Philharmonic Concert Orchestra, regida por Steven Mercurio. O lançamento acontecerá no dia 13 de julho, e o primeiro single será "Every little thing she does is magic", da época do The Police. Outros sucessos regravados são: "Roxanne", "Next to you", "Englishman in New York", "I burn for you", "Why should I cry for you" e "She's too good for me". Os arranjos ficaram a cargo de músicos como Jorge Calandrelli, David Hartley, Michel Legrand, Rob Mathes, Vince Mendoza, Steven Mercurio, Bill Ross, Robert Sadin e Nicola Tescari. "Symphonicities", que foi produzido por Rob Mathes e Sting, originará uma turnê que terá início no dia 02 de junho, em Vancouver, Canadá.

*****

RETRATO DA INDÚSTRIA FONOGRÁFICA BRASILEIRA: Maria Gadú, a cantora que surgiu há pouco tempo, conseguiu contrato com a Som Livre e, por isso, tem uma música em cada novela da Rede Globo, anunciou a gravação de um DVD e um CD ao vivo! Sim, Maria Gadú tem apenas um álbum lançado, mas já vai lançar o tal ao vivo. Ou seja, tudo repetido, com uma participação aqui, outra ali. Pelo jeito, querem chupar a cantora até o bagaço. Mas para ela, deve estar bom. Só não venha reclamar depois quando a Som Livre e a Globo lançarem outra cantora no próximo verão. Saudades de artistas que realmente tinham um projeto de carreira, como a Cássia Eller. A gravação acontece no dia 29 de julho, no Credicard Hall.

*****

Um dos meus álbuns prediletos do Tom Petty & The Heartbreakers é "Damn the torpedoes", lançado em 1979, e que contém músicas como "Refugee", "Here comes my girl", "Even the losers" e "Don't do me like that". Por isso, eu fiquei feliz ao saber que saiu na semana passada, aqui no Brasil, o DVD com o documentário da série "Classic Albums" sobre esse trabalho do Tom Petty. O vídeo tem uma hora e quarenta minutos de duração (com extras incluídos), e legendas em português. Espero ver nos próximos dias.

*****

Eu me lembro que quando os meus pais viajavam e eu tinha que passar as férias na casa da minha avó, tinha um momento, toda tarde, que eu parava tudo e me prostrava na frente da televisão. Minha avó, lógico, sempre chegava com potes de sorvete de flocos, coca-cola e chocolate. E na televisão, sabe o que passava? "Armação Ilimitada", o melhor programa da televisão de sempre, na humilde opinião deste que não entende nada de nada aqui. Mas, aí, você pergunta: e eu com isso? Bom, não sei se você era fã da "Armação Ilimitada". Aliás, nem sei se você era nascido quando o programa nasceu, no dia 17 de maio de 1985. Pois é. Hoje faz exatos 25 anos que o primeiro episódio de "Armação Ilimitada", "Um triângulo de bermudas", foi ao ar. Não resisti e acabei assistindo ao episódio inteiro no youtube (abaixo, eu coloquei só a primeira parte). E é impressionante como toda aquela memória da infância nos anos 80 retornou. O gosto do sorvete, o cheiro da casa da vovó, o som do vinil da Legião Urbana... Como é bom ter recordações assim.



*****

Hoje, quando acordei, a primeira coisa que li foi a ótima (ou melhor, excelente) coluna do Felipe Hirsch, no jornal O Globo. O diretor de teatro fala sobre... Morrissey! Cá pra nós, não é todo dia que a gente abre o jornal e dá de cara com um texto sobre Moz, né? Coincidentemente, ao abrir a minha agenda de efemérides, descubro que hoje faz seis anos do lançamento de "You are the quarry", na minha opinião, o melhor álbum do ex-vocalista do The Smiths. Foi o disco que marcou o seu renascimento artístico, após alguns anos meia-bomba. Sempre quando alguém me pede uma recomendação de algum álbum do Morrisey, não hesito em indicar "You are the quarry". Tem só seis anos de idade, mas, para mim, já é um clássico.
(A coluna do Felipe Hirsch não está no Globo On Line. Se eu encontrar mais tarde, coloco o link aqui.)

*****

E quem também vai comer bolo hoje é Trent Reznor, vocalista do Nine Inch Nails, e que, atualmente, está investindo no projeto paralelo How To Destroy Angels. Reznor faz 45 anos hoje. Ouvirei "Pretty Hate Machine" em sua homenagem.



*****

E se hoje nós choramos a morte de Dio, devemos celebrar o aniversário de Paul Di'Anno, ex-vocalista do Iron Maiden, e nome de muita importância para o metal. Discussões a parte - quem é melhor? Paul Di'Anno ou Bruce Dickinson? - não dá para negar a contribuição de Di'Anno para a história do Iron Maiden. O cantor completa 52 anos.



*****

E quem também faz aniversário hoje é o blueseiro norte-americano Taj Mahal. Vencedor de dois prêmios Grammy (em 1997 e em 2000), Taj Mahal completa 68 anos hoje, e está devendo um novo álbum desde 2008, quando lançou o ótimo "Maestro".



*****

E o dia 17 de maio marca o aniversário do grande sambista João da Baiana, o sujeito que introduziu o pandeiro no samba. A sua música também se destacava pela presença da faca raspando o prato, que acabou influenciando tanta gente, especialmente Dona Edith do Prato. João da Baiana, que deixou clássicos como "Mulher Cruel" e "Pedindo Vingança", morreu no dia 12 de janeiro de 1974. Abaixo, um encontro histórico de Baden Powell, Pixinguinha e João da Baiana.



*****

Bom dia, pessoal! Fim de semana triste, hein? No Dia Internacional da Comunicação, começamos com uma homenagem a um grande ídolo.

Nenhum comentário: