30 de ago de 2008

CD: “O CORAÇÃO DO HOMEM BOMBA – VOLUME 1” (ZECA BALEIRO) – MAIS UM BAILÃO DO BALEIRO

Desde o ano passado, Zeca Baleiro vem rodando algumas cidades do Brasil, com o show “Baile do Baleiro”, um show bastante animado, com antigos sucessos, canções novas e composições de terceiros. E depois de três anos sem lançar um álbum de inéditas, parece que esse show fez muito bem para o músico maranhense, que compôs quase 30 canções em apenas 15 dias. Metade dessa produção está disponível no CD “O Coração do Homem Bomba – Volume 1” (produzido pelo próprio Baleiro e por Evaldo Luna) já nas lojas via MZA.

No release distribuído a imprensa, Baleiro afirma: “Antes que me perguntem, este não é um disco ‘conceitual’. É um amontoado de canções acumuladas ao longo de alguns anos – umas novíssimas, outras nem tanto e algumas ainda tiradas do baú e recicladas”. E a idéia do novo trabalho é exatamente essa. Nas suas 10 faixas (e mais três vinhetas), Baleiro faz um verdadeiro bailão, com músicas pra lá de animadas e cheia de metais, sem maiores pretensões ou “conceitos”. Inclusive, a banda que acompanhou o compositor (Os Bombásticos) é a mesma do show, formada por Adriano Magoo (teclados e acordeon), Fernando Nunes (baixo), Tuco Marcondes (violão e guitarra), Kuki Stolarski (bateria e percussão), além de mais uma metaleira da pesada.

A sonoridade do disco é bastante diversificada, ora transitando entre o rock e o samba-funk, ora entre o forró e a rumba, ora entre o pop e o reggae. E o compositor maranhense também continua com a sua veia poética azeitada, com letras que variam do grotesco ao romântico.

Um exemplo que resume bem a proposta de “O Coração do Homem Bomba – Volume 1” é “Você Não Liga Pra Mim”, um pop-reggae-ska (com um quê de Los Hermanos), com metais em brasa e uma letra brega-romântica que deixaria qualquer Waldick Soriano com inveja: “Que que eu posso fazer / Pra você me notar / Você não crê em amor nem paixão / Faz pouco caso do meu coração / Você quer ver o meu fim”.

Outro destaque do CD é “Vai de Madureira”, um samba-funk escrito por Baleiro para a volta das Frenéticas, em 2001, com uma letra engraçadíssima (“Se não tem água Perrier eu não vou me aperrear / Se tiver o que comer não precisa caviar / Se faltar molho rosé, no dendê vou me acabar / Se não tem Moet Chandon, cachaça vai apanhar”).

Outra que segue o mesmo estilo é “Elas Por Elas”, um “regaton canastrão de acento latino”, nas palavras de Baleiro, com uma letra que cita o nome de diversas mulheres com rimas esdrúxulas como “Com Letícia a vida era uma delícia” ou então “Pra Lúcia eu era um bicho de pelúcia”. No primeiro single do álbum, “Toca Raul”, Baleiro apresenta mais uma letra hilária: “Mal eu subo num palco / Um mala um maluco já grita de lá / - Toca Raul! / A vontade que me dar é de mandar / O cara tomar naquele lugar”.

Mas além das letras, Baleiro mostra que, mesmo sem pretensão, musicalmente, as faixas de “O Coração do Homem Bomba – Volume 1”, também estão entre as melhores de sua carreira. Exemplos disso são a jazzy “Você é Má” e a balada cheia de climas “Geraldo Vandré”, parceria com Chico César, cuja letra é um diálogo com o enigmático compositor (“Geraldo Vandré / Diga aí como é que é / Vamos tomar um café / Os jornalistas querem saber / Os urubus querem carniça”).

“Ela Falou Malandro”, parceria de Zeca Baleiro com Zé Geraldo com uma sonoridade que mistura “rock, brega e Jovem Guarda com trompetes mariachi dando o tom”, nas palavras de Baleiro, também é uma das melhores faixas do disco.

Como já havia feito no “Baile do Baleiro”, o músico maranhense abre espaço para composições de terceiros nesse novo trabalho. “Alma Não Tem Cor”, de André Abujamra (ex-Karnak) mistura rumba com forró. E em “Bola Dividida”, de Luiz Ayrão, Baleiro transforma o hit brega em um “pop bósnio” (definição do próprio), com destaque para o acordeon de Magoo.

Lá no finalzinho do release do disco, Baleiro escreveu: “Este disco não tem ‘conceito’. É um disco de música popular, a boa e velha música popular brasileira. Espero que baste”. Bastou! E que venha o segundo volume!

A partir do dia 17 de setembro, o trailer do Volume 2 de “O Coração do Homem Bomba” já estará disponível no site oficial do cantor. Segundo Baleiro, diferentemente do primeiro volume, o segundo terá canções mais lentas e introspectivas.

Abaixo, o videoclipe da faixa “Toca Raul”, presente em “O Coração do Homem Bomba – Volume 1”.

PS. E para quem estranhou o encarte de papelão, segundo Zeca, a opção foi apenas para deixar o produto mais barato.

Cotação: ****

Um comentário:

Acéfala disse...

Só ouvi algumas faixas desse cd, mas fui a um show em julho. Zeca é muito talentoso mesmo! A facilidade que ele lida com as palavras é impressionante. Juro que quando disponibilizatem pra download, eu baixo! Rs.... Comprar cd é meio difícil pra estudantes, não acha? :)