25 de ago de 2010

Sean Connery, Fernanda Takai, Bruce Springsteen, Plant e Page, Prêmio Multishow, Libertines, Simone, Beatles

A revista Rolling Stone americana está lançando uma edição com textos especiais sobre as 100 melhores músicas dos Beatles. E sabe qual ficou em primeiro lugar?



*****

A Biscoito Fino coloca nas lojas nos próximos dias o DVD e CD duplo "Em boa companhia" (capa acima), com o registro da última turnê da cantora Simone. Filmado no Teatro Guararapes, no Recife, o show conta com a direção de José Possi Neto. No repertório, canções antigas do repertório de Simone ("Tô que tô", "Face a face", "Ex-amor"), além de faixas de seu último álbum de estúdio, "Na veia" ("Hóstia", "Ame", "Migalhas"). O CD duplo traz todas as faixas do DVD, que são as seguintes: "Tô que tô", "Love", "Certas noites", "Face a face", "Lá vem a baiana", "Bem pra você", "Fullgás", "Hóstia", "Ive Brussel", "Definição da moça", "Geraldinos e arquibaldos", "Certas coisas", "Ame", "Vale à pena tentar", "Deixa eu te amar", "Paixão", "Migalhas", "Pagando pra ver", "Perigosa", "Ai ai ai", "Na minha veia", "Chuva suor e cerveja", "Nada por mim" e "Ex-amor".

*****

Foi ontem a volta aguardadíssima do Libertines, separado desde 2004. A apresentação aconteceu na HMV, em Londres, e contou com um repertório generoso. Olha aí: "Horrorshow", "The delaney", "Vertigo", "Last post on the bugle", "Begging", "The ha ha wall", "Lust of the Libertines", "Campaign of hate", "Boys in the band", "Tell the king", "Death on the stairs", "Music when the lights go out", "What Katie did", "The saga", "Can’t stand me now", "What became of the likely lads", "Don't look back into the sun", "The good old days", "Time for heroes", "Radio America", "Up the bracket", "What a waster" e "I get along".



*****

Sabe aquela história do astronauta acordar em uma missão espacial ouvindo alguma música escolhida pela NASA? Pois é, a própria NASA, dessa vez, está pedindo para que o público escolha a tal música para a missão STS-133. Tem Rush, U2, Metallica, Dire Straits, Frank Sinatra, Steve Winwood... E você pode votar aqui.

*****

As pessoas estão me pedindo no twitter para eu escrever sobre o Prêmio Multishow. Só tenho duas considerações a fazer: 90% dos artistas que ganharam prêmio são lixo; e foi ridículo o Multishow tentar copiar o estilinho do VMB da MTV. Sem mais.

*****

Para finalizar os aniversários de hoje, quero falar de um outro álbum que eu adoro: "Unledded", que marcou a reunião de Robert Plant com Jimmy Page. A apresentação foi filmada pela MTV no dia 25 de agosto de 1994. Era um "Acústico" meio doido, que também teve cenas gravadas em Marrocos. As novas versões para "Thank you", "Since I've been loving you", "That's the way", "Gallows Pole" e "Kashmir" ficaram animais. E o melhor de tudo é que esse álbum gerou uma turnê que passou por aqui em algum Hollywood Rock. O tipo de show que tenho orgulho de dizer: "Eu fui!"



*****

E sabe qual disco chegava às lojas no dia 25 de agosto de 1975? Pois é, esse aí logo acima: "Born to run", do Bruce Springsteen. Eu não sei se o álbum "Born to run" é o que eu mais gosto dele (acho que fico com o seguinte, "Darkness on the edge of town", de 1978, ou "The rising", de 2002), mas a música "Born to run", certamente é a minha preferida de seu repertório. E olha só a relação de faixas de "Born to run": "Thunder road", "Tenth avenue freeze-out", "Night", "Backstreets", "Born to run", "She's the one", "Meeting across the river" e "Jungleland". A quantidade de clássicos impressiona, não?



*****

Ah, e quem sopra 39 velinhas hoje é a fofurinha Fernanda Takai. No Pato Fu ou na carreira solo, eu sou fã dela sempre. Tem gente que diz que a voz dela é chatinha. Eu acho é muito charmosa. E o que mais gosto nela é a forma como conduz a sua carreira. Vou aos shows do Pato Fu desde o lançamento do primeiro disco da banda. E sei como o sucesso de hoje foi merecido. Tudo com muito esforço, e muita qualidade também. O Pato Fu já tem 20 anos de carreira. E poucas bandas depois dela conseguiram trilhar um caminho tão bacana assim.



*****

Boa tarde, pessoal! Olha, só Deus sabe o sacrifício que estou fazendo aqui na frente do computador. Ontem, estava com gripe. Hoje, acordei com febre. Espero não estar com pneumonia amanhã. Mas vamos logo ao que interessa. O principal motivo de eu postar algo aqui no blog hoje é o aniversário de 80 anos do Sean Connery. Como é que eu ia passar sem essa, hein? Eu não vou me dar ao trabalho de enumerar aqui tudo o que Sean Connery fez para o cinema. Ficaria até amanhã, na certa. Mas vou fazer uma coisa diferente hoje. Antes de dormir, vou pegar o filme "O nome da rosa" é assisti-lo antes de dormir. E se der tempo, ainda pode rolar um James Bond...