16 de ago de 2010

Bill Evans, Robert Johnson, Dadi, Madonna, Elvis, Marcelo Nova, RHCP, Caymmi, Cláudio Côrrea, Axl, Rock in Rio, Libertines, Star Wars, Brandon Flowers

Brandon Flowers fez ontem, em Las Vegas, o primeiro show solo de sua carreira. Procurei alguns vídeos com boa qualidade no YouTube, e não achei quase nada. Uma das poucas coisas razoáveis é esse vídeo abaixo, da faixa "Playing with fire".



*****

EM BLU-RAY: Um dos filmes mais amados será lançado em blu-ray no ano que vem. Os seis episódios de "Star wars" ganaharão novas edições, com cenas extras, incluindo uma em "O retorno de Jedi", que pode ser vista logo abaixo. George Lucas disse ainda ao site Collider, que a versão-base usada para o lançamento em blu-ray será a de 2004. Segundo ele, a qualidade das versões originais não é muito boa para lançamento em blu-ray.



*****

Pete Doherty postou nesse final de semana um vídeo com cenas dos ensaios da volta do Libertines. No vídeo, a banda toca a provável música de abertura dos shows, "Horrorshow" (de "Up the bracket"). A banda se apresentará nos festivas ingleses de Leeds e de Reading, que acontecem no próximo fim de semana.



*****

Agora é oficial mesmo! O Rock in Rio está de volta à sua cidade natal. A quarta edição carioca do evento acontecerá em dois finais de semana (de 23 a 25 de setembro e de 30 a 02 de outubro de 2011). O festival já está com site oficial, e a música tema, interpretada por gente como George Israel, Evandro Mesquita, Toni Garrido, Frejat, entre outros, já está rolando aí pela internet. Só fiquei desanimado quando Roberto Medina disse ontem, no "Fantástico", que quer trazer Lady Gaga e Shakira. Eu preferia ver o The Who, Morrissey, Paul McCartney, R.E.M., AC/DC...



*****

Que confusão esse negócio do twitter do Axl Rose, hein? Ontem, foi postado no seu perfil, que todos os shows do Guns n' Roses estariam oficialmente cancelados. Todo mundo está dizendo que foi obra de um hacker, mas, até agora, Axl não se deu ao trabalho de retirar o post. Segundo a BBC, até os organizadores dos festivais de Leeds e de Reading (nos quais, Axl e banda vão se apresentar no próximo fim de semana) estão começando a desconfiar de que não tenha sido, de fato, um hacker quem postou a informação do cancelamento. Vindo de quem vem, eu não duvido de nada.

*****

Em tempos em que qualquer porcaria é chamada de "grande ator", é de bom tom relembrar os verdadeiros mestres da televisão. E hoje eu vou falar aqui do ator Cláudio Corrêa e Castro, que morreu no dia 16 de agosto de 2005. Certamente, ele foi um dos atores que mais novela fez no país. Dentre os seus principais trabalhos estão: "Meu pé de laranja lima" (1970), "Dancin' days" (1978), "Cabocla" (1979), "Transas e caretas" (1984), "Cambalacho" (1986), "Vale tudo" (1988) e "O cravo e a rosa" (2000). Para mim, o seu grande papel foi o Dr. Carneiro, de "Anos dourados" (1986), um conservadorzão naquele estilo "faça o que eu digo, não faça o que eu faço", e que fazia uma dupla perfeita com a também saudosa Yara Amaral. Faz falta.



*****

Em 16 de agosto de 2008, Dorival Caymmi ia embora para cantar os mares do céu. Para mim, Caymmi é o número um da Música Popular Brasileira. De todos os tempos. O repertório é pequeno - pouco mais de cem canções -, mas a qualidade... Quase todas as suas canções são clássicos: "O que é que a baiana tem?", "Maracangalha", "Acontece que eu sou baiano", "Peguei um ita no norte", "João Valentão", "Dora"... Se deixar, eu fico até amanhã citando as suas músicas aqui. Hehehe... Eu me lembro do dia em que ele morreu. Estava em São Paulo, em êxtase, após dois shows de João Gilberto. No dia de sua morte, passei o dia inteiro zanzando de um lado para o outro no Parque do Ibirapuera, ouvindo as suas músicas no iPod. Foi a melhor forma que encontrei de homenageá-lo. E uma semana depois, quando João Gilberto se apresentou no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, ele começou o show com "Você já foi à Bahia?", "Doralice" e "Rosa Morena". Isso sim foi mágico.



*****

Para mim, o Red Hot Chilli Peppers já deixou de ser uma banda bacana faz alguns anos. Em 1985, ela era muito mais divertida do que hoje, pode ter certeza. E foi no dia 16 de agosto de 1985, que a banda californiana colocou nas lojas "Freaky styley", o seu segundo álbum, e, para mim, o mais interessante - junto com o "Mother's milk", de 1989. E será que um dia os RHCP vão voltar a tocar coisas como "Jungle man", em seus shows??



*****

Quem nasceu um ano antes de Madonna foi Marcelo Nova, líder da banda baiana Camisa de Vênus, com a qual gravou clássicos do BRock, como "O adventista", "Silvia piranha" e "Eu não matei Joana D'Arc". Ele também gravou e fez shows com Raul Seixas, em 1988. O álbum gravado em dupla ("A panela do diabo") foi o último da carreira de Raul. Vou contar aqui uma situação muito curiosa que presenciei faz uns três anos. Estava no bar de um hotel em São Paulo quando aparece Marcelo Nova já tarde da madrugada. Com cara de sono, ele se dirige ao barman. (A essa altura, eu já estava imaginando quantas latas de cerveja ou doses de uísque ele ia pedir). Aí, vem o pedido: "Amigo, me vê dois todynhos"! Hahaha... Pois é. As aparências enganam...



*****

De uma estrela a outra, agora vou falar de Elvis Presley. Foi no dia 16 de agosto de 1977 que o mundo parou para chorar a morte de Elvis. Eu não era nascido, mas imagino que tenha sido algo bem parecido com o que aconteceu no dia 25 de junho de 2009, quando Michael Jackson faleceu. Olha, acho que não vou gastar linha falando do Elvis aqui não. O que mais eu posso dizer de alguém que é chamado de "O rei do rock"?? Ah, e o vídeo abaixo, de "Yesterday", vai em homenagem ao ilustre corinthiano Celso Unzelte.



*****

E sabe quem faz 52 anos hoje? Sim, ela: Madonna! Cantora, produtora, dançarina, atriz, modelo e ex-BBB (hehe... essa última é brincadeira, viu?), Madonna é tudo aquilo que Lady Gaga, Britney Spears, Christina Aguilera, entre outras, querem ser, mas nunca vão conseguir. Olha, não sou nenhum fanático pela Madonna não (pelo contrário), mas tenho que reconhecer o seu pioneirismo. Se hoje aparece uma Lady Gaga por ano é graças à Madonna. Quando ela surgiu, no iniciozinho dos anos 80, não tinha internet, e as coisas eram muito mais complicadas. Nem quero imaginar o que seria a Madonna se ela surgisse hoje. No total, a cantora norte-americana já vendeu mais de 300 milhões de discos. Ela podia virar para as suas coleguinahs e dizer aquela célebre frase do Ibrahim Sued: "Sorry, periferia!". Abaixo, o videoclipe de "Papa don't preach", que chegava ao primeiro posto da parada da Billboard no dia 16 de agosto de 1986.



*****

Agora vamos falar de um grande baixista brasileiro. Eduardo Magalhães de Carvalho, ou, simplesmente, Dadi, nasceu a 16 de agosto de 1952. Dadi tocou nos Novos Baianos, na Cor do Som e no Barão Vermelho, além de ter acompanhado alguns dos principais nomes da MPB, como Marisa Monte, Rita Lee e Caetano Veloso. Esse último, inclusive, compôs a música "O Leãozinho" em homenagem ao baixista. Em seguida, o vídeo dos dois interpretando essa música, durante a turnê "Circuladô" (1991/92), de Caetano.



*****

No dia 16 de agosto de 1938, Robert Johnson partiu dessa pra melhor. Johnson é um dos grandes nomes da história do blues. Ele tocava guitarra como poucos e influenciou meio mundo, de Eric Clapton (que gravou o essencial "Me and Mr. Johnson" (2004) a Jimmy Page. Para conhecer um pouco melhor o som desse cara, eu recomendo o box duplo "Complete Recordings", importado, mas fácil de achar, e que conta com tudo o que Johnson gravou. Pode ter certeza que é fantástico.



*****

Então por onde começaremos hoje? Temos muita (mas MUITA) coisa bacana nesse 16 de agosto. E o primeiro mestre que quero homenagear aqui é o Bill Evans (16/08/1929), para mim, disparado, o maior pianista da história do jazz. "Sunday at the Village Vanguard" (1961), "Waltz for Debby" (também de 1961) e "Conversations with myself" (1963) devem figurar em qualquer discoteca minimamente séria de jazz. A sua interpretação para "Alice in Wonderland" (Sammy Fain) é uma das coisas mais tocantes que já ouvi. Sempre que vou em algum bar com trio de jazz, peço essa música. Abaixo, uma interpretação maravilhosa de Evans para "My foolish heart" (Victor Young / Ned Washington).



*****

Bom dia, gente! Como estamos, hein? Mais uma semaninha começando. Espero que tudo corra bem. E espero que o sol apareça também. Não aguento mais andar de meia em casa. Jimi Hendrix, então, coitado... Ele deita no chão e não se mexe o dia todo. Está todo encasacado aqui. Ninguém merece... Nem o Jimi...