15 de set de 2008

PAUL MCCARTNEY CRITICA AUTOR DE LIVRO E DIZ QUE JOHN LENNON NÃO ERA GAY

O ex-baixista dos Beatles criticou o escritor Philip Norman, que está lançando um livro que diz que John Lennon queria ter uma relação homossexual com o seu parceiro de banda. Em entrevista ao The Sun, McCartney disse que a afirmação não é verdadeira e que, apesar de já ter dividido a cama com Lennon por várias vezes, só viu o cantor e guitarrista ter relações românticas com mulheres.

“Eu não acho que o que está escrito seja verdadeiro. John nunca tentou nada comigo, e eu dormi com ele um milhão de vezes. Eu o vi várias vezes em turnês, completamente bêbado, fora de si, antes de ele ir se tratar. Mesmo muito bêbado, ele só saía com mulheres, nunca com homem”, disse Paul McCartney.

“Se ele tivesse uma pequena tendência gay, e do jeito que ele bebia, eu teria visto algo ao menos uma vez”, completou.

2 comentários:

Anônimo disse...

cada coisa!

Graziella disse...

vamos parar de se promover com o nome banda beatles?não me interessa a opção sexual dos músicos