9 de ago de 2008

MARY J. BLIGE É PROCESSADA POR APROPRIAÇÃO INDEVIDA DE CANÇÃO



A cantora norte-americana é ré em uma ação judicial, cujo valor da causa chega a dois milhões de dólares (o equivalente a 3,2 milhões de reais). A autora da ação é uma companhia que alega que Mary J. Blige teria “roubado” a música “Work That” (acima), presente no último álbum da cantora, “Growing Pains”.

A Drama Family Entertainment, que ajuizou a ação, acredita que a canção tenha sido escrita por um produtor que trabalhou para a empresa durante um tempo. Um advogado da companhia disse ao New York Daily que a sua cliente tem os direitos sobre a música e que a mesma foi “usada sem permissão em um disco de Mary J. Blige”.

“Work That” também foi utilizada em um anúncio do iPod, mas a Drama Family Entertainment optou por não processar a Apple.

Nenhum comentário: